A5b3b79fbb7b84
Cancelamento da Assembleia Geral Ordinária prevista para essa segunda feira 07/12/20:
4 de dezembro de 2020
POST-ALERTA
Golpe do Pecúlio e do Fundo de Previdência está sendo aplicado novamente:
1 de abril de 2021

Tribunal confirma sentença favorável em ação movida pelo SINDAGRI-RS:

POST-JUSTÇA-TRABALHO

ENTENDA O CASO:

Em 2018, o SINDAGRI-RS ajuizou ação judicial para corrigir as progressões funcionais dos servidores do Ministério da Agricultura (MAPA) no estado do Rio Grande do Sul.

O MAPA na concessão das progressões aos servidores acaba desconsiderando a data em que efetivamente o servidor entrou em exercício no cargo.

De acordo com a assessoria jurídica do SINDAGRI-RS, a Administração viola frontalmente o direito dos servidores à progressão na carreira, conferindo tratamento único para servidores que estão em condições diferenciadas em relação ao tempo de exercício no cargo.

A DECISÃO JUDICIAL:

Recentemente, foi proferida decisão do Tribunal confirmando a sentença favorável aos servidores na referida ação coletiva.

Amparados na jurisprudência, os Desembargadores entenderam que o decreto n. 84.669/1980 excedeu os limites regulamentares e violou o princípio da isonomia, pois desconsiderou as situações funcionais específicas, mormente a data de ingresso na carreira e o tempo de efetivo exercício.

Portanto, o termo inicial para a evolução na carreira deve ser fixado de acordo com a data da entrada em efetivo exercício.   A decisão, ainda, não é definitiva. O Ministério poderá recorrer à Brasília.

Para mais informações entre em contato com o escritório Bordas Advogados Associados de segunda à quinta-feira, das 10h às 12h e das 14h às16h, através do fone (51) 3228-9997 

e-mail bordas@bordas.adv.br ou WhatsApp: (51) 99328-3418.  

image_pdf