image
União deverá garantir a aplicação do regime previdenciário anterior à Lei nº 12.618/2012:
7 de dezembro de 2018
image
Medida Provisória de Bolsonaro muda regras de pensão de servidores federais:
31 de janeiro de 2019

Nota do SINDAGRI/RS sobre Adicional de Insalubridade:

image

image

Nota do SINDAGRI-RS sobre o Adicional de Insalubridade
O Sindicato dos Servidores do Ministério da Agricultura no Rio Grande do Sul – SINDAGRI-RS – está ciente das orientações do Ministério do Planejamento sobre a migração das informações de insalubridade para o novo sistema – SIAPE Saúde.

Em virtude dos questionamentos de seus filiados acerca da ameaça de corte dos adicionais de insalubridade, o SINDAGRI-RS entrou em contato com o Serviço de Gestão de Pessoas (SGP) do MAPA do Rio Grande do Sul.

Na oportunidade, ficou informado de que a migração dos dados de insalubridade para o novo sistema já está sendo realizada pelo SGP, conforme determinação do Ministério do Planejamento.

Além disso, obteve a informação de que, até o momento, não há qualquer comunicado ou orientação sobre a suspensão do pagamento da insalubridade por parte do Planejamento.
O SINDAGRI-RS informa que está atento ao assunto da insalubridade e reafirma que não irá tolerar o corte da insalubridade/periculosidade por medidas arbitrárias e ilegais da Administração! Sobrevindo qualquer ato ilegal tendente ao corte dos adicionais ocupacionais, o SINDAGRI-RS entrará imediatamente com uma medida judicial. 

ORIENTAÇÃO AOS FILIADOS: O Sindicato e sua assessoria jurídica orientam que os servidores ativos que recebem regularmente o adicional de insalubridade fiquem atentos às prévias de contracheque.

Caso identifiquem o corte do adicional de insalubridade, entrem em contato imediatamente com o Sindicato ou sua assessoria jurídica para que sejam tomadas as medidas necessárias na Justiça.

Em caso de dúvida, o escritório Bordas Advogados Associados está à disposição para atendimento.

No mês de janeiro, o atendimento dos servidores do Ministério da Agricultura está sendo realizado às terças e às quintas-feiras, das 9h às 12h pelo telefone (51) 3228-9997, e-mail bordas@bordas.adv.br ou pessoalmente. 

Fonte: Bordas Advogados.

 

image_pdf